Nomeados da Acrobacia Aérea Brasileira no palco do Prêmio CAB

A Associação Brasileira de Acrobacia Aérea – ACRO, foi convidada pela Confederação do Aerodesporto Brasileiro (CAB) a participar da primeira edição da premiação dos melhores do ano, prêmio CAB 2017, evento realizado em março no IBAS, International Brazilian Air Show, nas dependências do Terminal 1 do Aeroporto Internacional do Galeão, na cidade do Rio de Janeiro.

O evento visou a divulgação e promoção de todas as modalidades do aerodesporto, incluindo nossa modalidade, a Acrobacia Aérea, e com isso, diversas personalidades puderam ser reconhecidas com um diploma confeccionado pela CAB e assinada e reconhecida pela ACRO.

Os Diplomas foram entregues por Destaque, Recordes, Reconhecimento e Competição.

As nomeações contaram com a gentil contribuição do presidente do CBA – Comitê Brasileiro de Acrobacia, o senhor Alexandre Venson, que em conjunto com a ACRO indicou diversos nomes de campeões brasileiros de acrobacia aérea e significativos contribuidores pela representatividade da acrobacia aérea brasileira no Brasil e no Exterior.

O Evento contou com a participação do locutor Vadico, como mestre de cerimônias na entrega das premiações, e também teve a ilustre participação do presidente da Federação Aeronáutica Internacional (FAI), Sir. Frits Brink.

IMG_7450

Jorge ao lado de Fritz Brink

IMG_7451

Murilo ao lado de Fritz Brink

Um dos momentos mais marcantes, foi a entrega do diploma de reconhecimento (in Memorian) aos familiares dos aviadores André Textor e Luis Dell’Aglio, membros diretores do CBA, falecidos em acidentes aéreos.

Todas as entregas referentes à acrobacia foram realizadas pelo Tenente Coronel Caldas, do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) e por Jorge Rodrigues, presidente da ACRO, cuja assinatura se fez presente em todos os diplomas entregues.

Filha de André Textor com o diploma do pai.

Filha de André Textor com o diploma do pai.

O Vice-Presidente da ACRO, Murilo Rovina Ferreira, também recebeu um diploma, na categoria “Destaque”, referente aos trabalhos de manutenção da representatividade do Brasil nas conferências internacionais e sua dedicação frente à entidade.

Jorge ao lado de Murilo, que recebeu o diploma

Jorge ao lado de Murilo, que recebeu o diploma

Ao segundo dia de evento, a ACRO participou de uma reunião promovida pelos pilotos do Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira em conjunto com a Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA para a definição das regras de show aéreo e a idealização de um ”chapter” da ICAS – International Council of Air Shows no Brasil.

Tema bastante complexo, que demandará ainda diversas reuniões para a definição completa da regulamentação do exercício da atividade no país de forma remunerada, atualmente sendo exercida esportivamente pela maioria dos pilotos em atividade no País.

WP_20170330_007

Os demonstradores de Acrobacia Aérea com as entidades reguladoras presentes na reunião

A Associação Brasileira de Acrobacia Aérea tem papel fundamental na discussão, pois desde 1988 vem formando os pilotos de acrobacia aérea no País, formalizando as edições dos campeonatos brasileiros de acrobacia , estando na vigésima quarta edição. Dentre muitos acontecimentos, a ACRO teve um período de baixa atividade, porém retorna no ano de 2017 com força total através da nova geração, resgatando toda a história da atividade aérea, buscando o reconhecimento e reorganização perante à Agência reguladora e também pela Federação Internacional mantendo seu objetivo fundamental de treinar, unir e organizar a acrobacia aérea, priorizando sempre a segurança de vôo.

A ACRO também trabalha em conjunto com as demais modalidades do aerodesporto e demais associações quando há um interesse em comum: acrobacia aérea brasileira.

Os homenageados pela CAB

Os homenageados pela CAB